Gestação e Nutrição

Gestação e Nutrição

Por Dra. Elaine C. Bueno 16/09/2016 - 09:17 hs

Elaine Cristina Bueno*

A gestação é um período muito importante e especial na vida da mulher e deve ser acompanhado com atenção e carinho.

Durante a gestação a mulher passa por variadas alterações físicas, hormonais e psíquicas que interferem na sua saúde.

As alterações hormonais podem contribuir para o aparecimento do enjoo e prejudicar a ingestão de uma dieta adequada.

Não é uma época de fazer dietas restritivas e nem de perder peso, por outro lado não significa comer em excesso e nem comer por dois.

Os nove meses de gestação exigem uma alimentação equilibrada em todos os grupos alimentares.

Existem certos nutrientes que em determinados períodos da gestação são essenciais para a saúde do bebê e da mãe.

Veja alguns alimentos que você deve incluir na dieta durante esse período. Procure sempre um profissional para te acompanhar e adequar sua alimentação.

- Ácido Fólico: é uma vitamina que na gestação é essencial para a formação do tubo neural do feto, evitando assim a má formação neural. Além da suplementação, o ácido fólico pode ser encontrado naturalmente em alimentos como, por exemplo, brócolis, repolho, espinafre, aspargo, carnes magras, feijão, pão integral.

- Ferro: é um mineral que reduz o nascimento de bebês prematuros, reduz também o risco de morte materna no parto, melhora a resistência às infecções. Pode ser encontrado, por exemplo, na carne, frango, peixe, ovo, feijão, vegetais verdes escuros, e quando associados à vitamina C têm uma melhor absorção.

- Ômega 3: A suplementação de Ômega 3 é de extrema importância para o correto desenvolvimento do cérebro do bebê, e sua disponibilidade para o feto depende da ingestão alimentar da mãe. Alguns estudos indicam que o Ômega 3 pode estender o tempo da gestação evitando partos prematuros.

- Cálcio: auxilia na formação da estrutura óssea e dentária do feto. Exemplo de fontes alimentares de cálcio: salmão, folhas verdes escuras, gergelim e semente de girassol.

Segue também os alimentos que devem ser evitados:

- Durante a gestação o consumo de cafeína deve ser moderado;

- Evite frituras, gorduras;

- Evitar condimentos (picles, ketchup, pimenta, mostarda);

- Evite alimentos embutidos (salsicha, linguiça, salame, presunto);

- Evite temperos prontos;

- Evite bebidas alcoólicas, pois afetam o desenvolvimento do bebê;

- Evite comidas que aumentem a formação de gases como os grãos, repolho, couve-flor, bebidas gaseificadas como refrigerantes;

- Evite carnes cruas.

Por isso, a alimentação é essencial nesse período. As futuras mamães devem ter um cuidado especial nessa fase tão importante para garantir assim um futuro saudável a seus filhos.

* A autora é nutricionista pela Faculdade de Ciências e Letras de Bragança Paulista - FESB CRN 3 41336/P - avaliação e diagnóstico nutricional, atendimento clínico, domiciliar e reeducação alimentar. Atendimento na Clínica Transformare - Rua São Vicente de Paula, nº 137 - Centro - Atibaia, fone (11) 98453-8311 ou 4412-6405 (particular). Atendimento na Clinica Fisioneuro - Rua Pompeu Vairo, nº 57 - Vila helena - Atibaia - Telefones 4412-2805 ou 4412-2723 (convênios Funcesp, Cabesp, Caixa Econômica, Medsanitas).