Cobra 'congela' na madrugada mais fria do ano no interior de São Paulo

Cobra 'congela' na madrugada mais fria do ano no interior de São Paulo

Por Maria Clara 14/06/2016 - 19:55 hs
Foto: Eduardo Meira/4Notícias
Cobra 'congela' na madrugada mais fria do ano no interior de São Paulo
Cobra morta por congelamento na cidade de Gália, na região de Bauru (SP)

Por: Wagner Carvalho - Colaboração para o UOL, em Bauru (SP)
Link: http://noticias.uol.com.br/cotidiano/ultimas-noticias/2016/06/13/cobra-congela-na-madrugada-mais-fria-do-ano-no-interior-de-sao-paulo.htm?cmpid=fb-uol

A imagem de uma cobra congelada em Gália, no interior de São Paulo, foi registrada pelo jornalista Eduardo Meira, de Marília, e simbolizou a onda de frio que atinge todo o Estado. A cidade foi atingida por uma forte geada na madrugada desta segunda-feira (13) e causou o congelamento do animal.

"Pela manhã, passamos pela BR-153 para fazer imagens de uma reportagem sobre o frio e, ao sair de uma área coberta pela geada, vi a cobra e resolvi fotografar", disse. A região é produtora de café, cultura que sofre bastante com a ocorrência de geadas.

Em Bauru (331 km da capital paulista), a temperatura ficou abaixo dos 5°C. De acordo com o Ipmet (Instituto de Pesquisas Meteorológicas) da Unesp (Universidade Estadual Paulista), a madrugada desta segunda-feira foi a mais fria do ano ali. "A menor temperatura do ano na cidade foi registrada nesta manhã, por volta das 7h: 4,4°C", segundo afirmou André Mendonça de Decco, meteorologista do Ipmet.

É a temperatura mais baixa registrada desde agosto de 2013. Na época, o frio atingiu 4,3°C, sendo que em maio daquele mesmo ano a menor temperatura registrada foi de 3,9°C. "A previsão para os próximos dias ainda é de dias frios e com possibilidade da ocorrência de geadas na região", explica Decco.

Meira diz que os termômetros na região registraram perto de 4°C em alguns lugares da região na madrugada, mas a sensação térmica, que leva em consideração a temperatura ambiente e a velocidade do vento, dava a impressão de uma temperatura ainda mais baixa, algo em torno de -5°C.