Confira as principais dúvidas sobre a nova empresa de ônibus

Confira as principais dúvidas sobre a nova empresa de ônibus

Por Maria Clara 29/01/2017 - 23:05 hs

O transporte coletivo vai passar por mudança em Atibaia?
Sim. Uma nova empresa de ônibus foi contratada de forma emergencial, por meio de sessão pública, pelo prazo de 180 dias e irá operar com o nome “SOU Atibaia” (Serviço de Ônibus Urbano). Ela não é, no momento, a empresa definitiva que prestará serviço de transporte público em Atibaia. Para escolher a empresa definitiva, a Prefeitura lançará um edital de licitação em breve. A contratação de agora é para que os serviços não fiquem parados enquanto o processo licitatório ocorra.

 

Por que a Viação Atibaia não prestará mais serviço de transporte público na cidade?
A Prefeitura quis e tentou renovar o contrato com a Viação Atibaia, mas não houve acordo. Com isso, foi necessária a sessão pública de serviço emergencial. Três empresas da região participaram da sessão publica, mas apenas duas entregaram a relação de documentos para a Prefeitura, sendo a SOU Atibaia a única empresa habilitada. Para esclarecimento, a Viação Atibaia está impedida de concorrer em qualquer processo de contratação do Poder Público por três anos em razão de uma condenação judicial.


Haverá mudanças nos cartões de passe escolar e vale transporte?
Os cartões funcionarão normalmente até março. Inclusive, a Viação Atibaia, a partir de agora, poderá comercializar bilhetes de passagens e créditos eletrônicos de transporte para utilização até o final de março, data prevista para interrupção dos serviços. Quem já contratou o crédito por período maior será atendido normalmente até o dia 31 de março. A atual empresa e a nova estabelecerão em conjunto os procedimentos e medidas de transferência de créditos. Fique tranquilo que nenhum usuário será prejudicado.

 

Quando que a nova empresa vai começar a vender os passes?
A SOU Atibaia iniciará a venda de seus vales-transporte, passes e créditos eletrônicos a partir do dia 01 de março de 2017 e estes somente poderão ser utilizados  a partir do dia 1º de abril.

 

Como o usuário do transporte coletivo deve proceder com os créditos que não forem utilizados?
Para créditos tarifários vendidos pela atual empresa de ônibus, não utilizados no prazo previsto (até o dia 31 de março), o usuário deverá solicitar o reembolso diretamente junto à empresa Viação Atibaia.


Como ficam os cartões de gratuidade?
Qualquer empresa que assuma a operação do sistema tem que cumprir as gratuidades ou descontos previstos em lei.

 

 

Nova empresa de ônibus começa a operar no início de abril

 


Muitas pessoas acreditam que se houver contratação de novos motoristas, que não conhecem o traçado das linhas de ônibus da cidade, vai haver muitos atrasos e falhas no sistema. Os motoristas serão os mesmos?
A SOU Atibaia já conversou com o sindicato dos motoristas e demostrou total interesse em contratar o maior número possível de funcionários da Viação Atibaia. Mas isso só será possível se a atual empresa rescindir o contrato com os funcionários ou se os mesmos quiserem ser contratados pela nova empresa;


O valor da passagem vai subir?
Não, inclusive, indo na contramão de diversos municípios nacionais que aumentaram o valor das passagens, em Atibaia o valor será reduzido em dez centavos. Dentre as três empresas que participaram da sessão pública, a SOU Atibaia foi a que apresentou o menor preço (R$3,60).


Haverá integração, Bilhete Único e demais melhorias?
A Prefeitura pleiteará essas e outras melhorias para o transporte público da cidade na contratação definitiva da nova empresa, que acontecerá em breve. Em abril, a SOU Atibaia só dará continuidade aos serviços já existentes;


O transporte intermunicipal, como a linha Atibaia-SãoPaulo, ainda será realizado pela atual empresa?
A mudança de empresa será apenas para as linhas municipais. As linhas para outras cidades continuarão normalmente, sendo operadas pela Viação Atibaia e outras empresas, pois a contratação é feita pelo Governo do Estado de São Paulo e não pela Prefeitura.


Os horários e itinerários serão modificados?
Os horários e itinerários serão analisados e, provavelmente, mantidos pela nova empresa. Os bairros que hoje não são atendidos também serão analisados.

 

ESCLARECIMENTO

Para a Sessão Pública de serviço emergencial do transporte coletivo urbano e rural de passageiros, a Prefeitura da Estância de Atibaia convidou 19 (dezenove) empresas para participar.

Das dezenove empresas convidadas, 3 (três) empresas compareceram à Sessão Publica, mas apenas 2 entregaram documentos para a Prefeitura.

1. A Sancetur;
2. A Viaçao Atibaia (Inabilitada por estar impedida de contratar por decisao judicial, por isso a proposta dela nem foi considerada e o envelope não foi aberto);
3. E uma terceira empresa que optou por não apresentar documentos e não foi considerada nos autos.

Assim, finalizou o procedimento administrativo nº 22.667/16, que habilitou a empresa Sancetur – Santa Cecília Turismo Ltda – para operar, por meio de contrato emergencial, o transporte público coletivo do município de Atibaia.


Última atualização: 28 de janeiro, às 15h59