Dupla é presa com R$ 500 mil escondidos em fundo falso em carro na Fernão Dias

Dupla é presa com R$ 500 mil escondidos em fundo falso em carro na Fernão Dias

Dupla é presa com R$ 500 mil escondidos em fundo falso em carro na Fernão Dias

Por Maria Clara 09/05/2017 - 07:20 hs

Os Fatos
Dois homens foram presos na noite de quinta-feira (4), com quase R$ 500 mil escondidos em um fundo falso no porta-malas de um carro abordado na rodovia Fernão Dias em Vargem. A dupla não soube explicar a origem do dinheiro, que seria levado para Diamantina, em Minas Gerais.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), a dupla foi abordada em uma operação em conjunto com a Polícia Civil no km 7 da rodovia. Durante a busca no veículo, a polícia encontrou o fundo falso, em que eles escondiam sacolas com dinheiro.

Nos dois pacotes havia R$ 476.885,00. À polícia, eles contaram que pegaram o valor com um homem no centro de Atibaia e faria a entrega em Diamantina, em Minas Gerais. Eles receberiam R$ 3 mil pelo transporte. Apesar disso, não souberam dizer para quem fariam a entrega.

Os dois homens, de 49 e 57 anos, foram presos em flagrante e encaminhados à Polícia Civil. A origem do dinheiro será apurada pela polícia.

O  mistério resolvido
Nas primeiras horas da manhã de sexta-feira, dia 5, tão logo o caso foi divulgado, jornais e emissoras de rádio e televisão entraram em contato com a Delegacia de Polícia de Atibaia, que não tinha nenhuma informação a respeito da apreensão do dinheiro. Como a apreensão foi feita no Km 7 da Fernão Dias, em Vargem, se aventou a hipótese da ocorrência ter sido lavrada por lá. No entanto, a delegacia de Vargem não funciona à noite e surgiu a hipótese do caso ter sido levado para a polícia de Bragança Paulista, mas lá ninguém tinha conhecimento do caso. O delegado Hermes Jun Nakashima - que é de Atibaia, mas também exerce a função na cidade de Vargem, para lá se dirigiu tentando apurar o que ocorrera, uma vez que na parte da manhã em Atibaia recebeu vários telefonemas de vários órgãos da mídia, em função da notícia e nada tinha a dizer.

Finalmente, por volta das 16 horas, o delegado Hermes esclareceu o assunto.

A apreensão do dinheiro foi feita em uma operação conjunta da Polícia Rodoviária Federal e policiais do DEIC da Divecar - Divisão de Investigação sobre Furtos, Roubos e Receptação de Veículos e Carga - razão pela qual o dinheiro foi levado para lá, motivo pelo qual a polícia da região desconhecia totalmente o caso.

Fonte: G1 Vale do Paraíba e Região