SAULO, O PREFEITO ESTADISTA

SAULO, O PREFEITO ESTADISTA

Por Maria Clara 12/08/2017 - 12:57 hs

Sabe-se que o estadista se preocupa com a próxima geração e o político com a próxima eleição e ao que parece Saulo está se preocupando com o futuro de Atibaia, fazendo a ponte entre a experiência e a visão dos próximos anos. Tão logo soube do fechamento do Campo de Marte, Saulo determinou um Procedimento de Manifestação de Interesse, na busca de parceiro que invista em nosso aeroporto, estrategicamente colocado entre os aeroportos de Campinas e Guarulhos, além do entroncamento da Fernão Dias com a D. Pedro I. Tal qual com a iluminação pública e o Campo do Alvinópolis, o prefeito Saulo mostra sua visão de estadista.

PREFEITO ESTADISTA  (1)
Com certeza alguns vão criticar o fato de dar ao prefeito Saulo o título de estadista, mas esta é a visão de quem acompanha todas as movimentações, algumas de bastidores, da administração municipal que atua em concordância com as ordens e diretrizes de Saulo.

PREFEITO ESTADISTA  (2)
Como já dito, o estadista se preocupa com a próxima geração e o político com a próxima eleição. E ao que parece, Saulo está se preocupando com a próxima geração, antevendo o futuro da cidade, que deverá sair de uma estagnação herdada de administrações anteriores.

PREFEITO ESTADISTA  (3)
Nos primeiros anos da administração Saulo, existiam críticas contundentes em relação às atividades culturais na cidade, mas aos poucos a cultura foi sendo palco de um dinamismo sem precedentes, abrangendo todas as áreas, desde peças teatrais e apresentações musicais de todos os gêneros e para todos os gostos. Ou seja. A cultura para todos.

PREFEITO ESTADISTA  (4)
A educação deu um grande salto, se posicionando entre as melhores de todos os municípios do país. Por outro lado, treze creches foram construídas em pouco tempo, alcançando os bairros mais distantes e até então abandonados.

PREFEITO ESTADISTA  (5)
Apesar de Atibaia ter características para o desenvolvimento do turismo, pouco era feito. Agora, o turismo surge em todos os setores, desde visitas a pontos religiosos, passeios pelos pontos mais bucólicos do município e um delicioso festival gastronômico.

PREFEITO ESTADISTA  (6)
Enquanto as outras cidade da região estão sofrendo por falta de dinheiro no caixa, Atibaia segue em frente, graças a uma extraordinária gestão do nosso orçamento. Tanto é que quando há licitações em Atibaia é enorme o número de empresas que participam do certame, na certeza que não haverá atrasos nos pagamentos e muito menos inadimplência por parte do poder municipal.

PREFEITO ESTADISTA  (7)
Saulo deu o aval para uma antiga pretensão dos feirantes que era a realização de uma feira noturna. Com o apoio da administração municipal, a feira noturna tornou-se uma realidade, com grande sucesso entre os feirantes e a população, que as quartas-feiras lota o Centro de Convenções.

PREFEITO ESTADISTA  (8)
Vale a pena ressaltar as inúmeras obras que estão em curso no município, com bairros sendo asfaltados e córregos canalizados. Saulo também, com visão voltada para o futuro, apresentou na última quinta, no Rotary, os planos para a revitalização da Lucas, uma verdadeira artéria turística que terá mudanças significativas, para maior desenvolvimento da área, com repercussão junto ao comércio e ao turismo.

PREFEITO ESTADISTA  (9)
Agora vamos mostrar a visão de estadista de Saulo. Tão logo soube que o aeroporto do Campo de Marte seria fechado, determinou que se buscasse atrair um parceiro privado que invista no nosso aeroporto, considerando a excelente posição geográfica, com proximidade aos aeroportos de Campinas e Guarulhos, além de estar no cruzamento de importantes rodovias como Fernão Dias e D. Pedro.

PREFEITO ESTADISTA  (10)
Da mesma forma com que Saulo está fazendo com o Campo do Alvinópolis e com a iluminação Pública, determinou à Prefeitura lançar um Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para o aeroporto e, comenta-se nos bastidores, que já há interessados.

PREFEITO ESTADISTA  (11)
Esta é a nossa visão. Quem não concordar que venha com dados e não com lenga-lenga! Pronto, falei!