Figo e seus benefícios

É chegada a época natalina! Tempo de reaproximarmos a família e os amigos, com boas comidas, muitas brincadeiras e risadas infinitas. Para isso nada melhor que aproveitar tudo isso com moderação. Nesta semana a nutricionista Dra. Elaine Bueno escreve sobre os benefícios do figo.

Por Maria Clara 15/12/2017 - 13:33 hs

Elaine Cristina Bueno*

Figo é o fruto da figueira pertencente à família Morácea e originário da região do mediterrâneo.

É plantado em vários países, já que se adapta em diferentes climas.

Chegou ao Brasil no século XVI na bagagem dos primeiros colonizadores portugueses.

Ligeiramente doce, figos são conhecidos pela sua textura crocante e lisa, devido à presença de sementes.

Figos podem ser consumidos frescos ou secos.

São bastante utilizados na preparação de doces e geleias.

Os benefícios dos figos para a saúde podem ser atribuídos à presença de minerais, vitaminas e fibras.

O figo tem em sua composição a vitamina C, sais minerais como por exemplo potássio, cálcio e fósforo.

Benefícios
- Contêm fenóis e flavonoides como catequina, rutina que podem restringir o metabolismo das células cancerígenas.

- Protegem as células a partir do processo de oxidação devido aos radicais livres.

- Possuem propriedades anti-inflamatórias.

- Contêm uma elevada quantidade de cálcio e, portanto, podem ajudar no desenvolvimento e fortalecimento de ossos saudáveis.

- O potássio mantém o equilíbrio hidroeletrolítico do corpo.

O figo também é rico em pectina, uma fibra solúvel, que pode auxiliar na diminuição dos níveis de colesterol sanguíneo e glicemia.

Os figos podem ser comprados verdes, em doces, em compota, mas estes são ricos em açúcar, inchados como figo-rami (figo seco) ou maduros para consumo in natura.

O período de safra compreende os meses de janeiro a abril.

Os figos podem ser encontrados em supermercados, feiras, casas de produtos naturais.