Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável foi entregue à Prefeitura de Atibaia

Documento norteará a tomada de decisões e investimentos a serem realizados no setor

Por Maria Clara 08/04/2018 - 22:34 hs

O Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável, documento elaborado no âmbito do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, onde participam todas as cadeias produtivas do setor agropecuário e Poder Público municipal e estadual para balizar as políticas públicas e ações para o setor, foi entregue ao prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza, na tarde da última segunda-feira (02). Durante cerimônia, realizada no auditório do Fórum Cidadania, o prefeito recebeu das mãos do presidente do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural, Rômulo Kobori, as diretrizes propostas para os próximos quatro anos (de 2018 a 2021). 

De acordo com o prefeito, o documento proposto pelo Conselho, em conjunto com a Secretaria de Agricultura de Atibaia, é o reflexo da importância do setor não só para o município, mas para todo o País. “O Plano Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável vem em boa hora. É uma iniciativa que irá subsidiar o planejamento do setor para os próximos quatro anos, ainda mais em um momento muito importante, quando será discutido e revisado, este ano, o Plano Diretor da Cidade. Que essa seja a porta de entrada para a discussão, a médio e longo prazos, e com mais profundidade, das necessidades e planejamentos necessários para o desenvolvimento da agricultura de Atibaia nos próximos anos”, destacou. 

O Plano - O Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável contém diversas informações sobre Atibaia, traçando um perfil geral da cidade com ênfase na área agrícola e suas principais culturas e atividades desenvolvidas localmente. Identificação e caracterização do município; dados geográficos e socioculturais; climáticos e de relevo, passando por tipos de solo; pluviometria; econômicos; entre outros, fazem parte do documento. 

A identificação e descrição das principais cadeias produtivas, como Flores e Plantas Ornamentais; Horticultura; Fruticultura; Turismo Rural; Pecuária; além dos serviços municipais de apoio à produção, infraestrutura, processamento e comercialização (patrulhas agrícolas, programas de incentivo e fomento a produção e desenvolvimento do setor, espaços e locais destinados à agricultura e etc.), também estão descritos no Plano de Desenvolvimento Rural Sustentável apresentado. 

Conforme o Plano, “a agropecuária de Atibaia está alicerçada na agricultura familiar, sendo desenvolvida em pequenos núcleos de produção”. Dessa forma, um diagnóstico do município, com análise das principais cadeias produtivas e seus pontos positivos e negativos é descrito no documento, que ainda apresenta as ameaças e oportunidades para a produção e desenvolvimento agrícola da cidade, servindo de base para a tomada de decisões e investimentos a serem realizados pela administração pública e parceiros do setor. 

Durante o encontro, o prefeito chamou a atenção sobre a recente criação de uma Cooperativa de Agricultura Familiar em Atibaia e o incentivo à produção local. “Com a ajuda da Secretaria de Agricultura foi possível dar andamento ao processo de criação de uma cooperativa de agricultura familiar em Atibaia. Nós cumprimos a legislação, adquirindo aproximadamente 30% dos alimentos que fazem parte da merenda escolar do município e que devem vir da agricultura familiar. Mas a compra acontece de uma cooperativa de fora da cidade. Com uma cooperativa local, que poderá participar dos processos licitatórios, teremos uma ferramenta muito importante para o fomento da agricultura de Atibaia, com fortalecimento dos produtores da cidade”, afirmou. 

O encontro, no auditório do Fórum Cidadania, ainda contou com o vice-prefeito, Emil Ono, e com o secretário municipal de Agricultura, Mário Inui. A presidente da Câmara, Roberta Barsotti, participou do encontro, que também teve a presença do diretor substituto da CATI (Coordenadoria de Assistência Técnica Integral) - Emanuel Hadad; vereadores, produtores e representantes de entidades ligadas ao setor. 

A Secretaria Municipal de Agricultura localiza-se na Estrada Municipal Juca Sanches, nº 400, Jardim Brogotá. O telefone para contatos é: (11) 4414-3985.