ADVOGADO FOI FUZILADO AO SAIR DE CASA

Na quinta-feira, dia 26, pela manhã, o advogado Jonatas Fernando Venturini da Silva ao deixar sua residência, foi barbaramente assassinado por tiros disparados por dois elementos que estavam em uma moto. A perícia apreendeu no local nove cápsulas de munições 9 mm. O crime está sendo investigado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais de Atibaia), que por hora não tem nenhuma pista.

Por Maria Clara 27/04/2018 - 19:11 hs

ADVOGADO FOI FUZILADO AO SAIR DE CASA
Advogado Jonatas Fernando Venturini da Silva, 32 anos, foi assassinado ao sair de sua casa

Quinta-feira, dia 26, por volta das 8h45, o advogado Jonatas Fernando Venturini da Silva, 32 anos, ao deixar a sua residência na Rua Jackson, na Chácara Maringá, entrou em seu carro para ir à academia e enquanto acessava o celular, uma moto com dois indivíduos se aproximou e foram efetuados inúmeros disparos que atingiram Jonatas que veio a óbito no local.

Os PMs Cardinali e Braga preservaram o local, até a chegada da autoridade policial que buscou levantar informações que possam levar a autoria do crime, bem como acompanhar os trabalhos da equipe da perícia chefiada pelo perito Ednei.

No local os peritos apreenderam nove cápsulas de munição calibre 9 mm e três pedaços de projéteis amassados.

O corpo da vítima foi encaminhado ao IML de Bragança Paulista para os exames de praxe.

O caso, por ser de autoria desconhecida, está sendo investigado pelo SIG (Setor de Investigações Gerais de Atibaia), sob o comando do delegado Elton Costa.

A reportagem do jornal Atibaia Hoje apurou que a polícia não descarta nenhuma hipótese para o crime, mas segue uma linha principal para a elucidação deste bárbaro crime.