Prefeitura instala novos abrigos de ônibus em diversos bairros de Atibaia

Prefeitura instala novos abrigos de ônibus em diversos bairros de Atibaia

17 pontos já foram implantados desde o início do ano e outros 14 estão previstos para os próximos meses

Por Maria Clara 29/04/2018 - 12:52 hs

A Prefeitura da Estância de Atibaia segue realizando investimentos em mobilidade urbana no município. Novos abrigos de ônibus estão sendo instalados pela Administração Municipal em diversos bairros da cidade, proporcionando mais conforto e segurança para todos.


Desde o início do ano, a Secretaria de Mobilidade e Planejamento Urbano já instalou 17 abrigos por toda a cidade, sendo três no Caetetuba, três no Tanque, dois no Jardim Imperial e um ponto de parada nos bairros: Atibaia Jardim; Alvinópolis; Maristela; Maristela II; Shangri-la; Rio Acima; Vitória Régia; Nova Atibaia; e Maracanã.


A Prefeitura tem instalado uma média de nove abrigos de ônibus por mês para usuários do Sistema de Transporte Coletivo, conforme disponibilidade de recursos. A previsão é de que os próximos bairros atendidos sejam Jardim do Trevo, Jardim dos Pinheiros, Jardim São Felipe e novas vias do Jardim Imperial, entre outras regiões de Atibaia.


Os novos abrigos instalados são de dois modelos distintos: com estrutura em metal ou concreto, para a zona urbana ou rural, respectivamente. A instalação dos novos pontos de parada está sendo realizada com recursos próprios da Prefeitura. Até o momento, foram investidos R$ 96.215,00 nos 17 abrigos já implantados e a estimativa é de que mais R$ 75.166,00 sejam destinados para a instalação de outros 14 abrigos.


De acordo com o secretário de Mobilidade e Planejamento Urbano, André Agatte, o objetivo da instalação dos novos abrigos de ônibus é oferecer mais conforto e segurança aos usuários do Sistema de Transporte Coletivo, protegendo-os de interferências climáticas, como sol, chuva e vento, e oferecendo estruturas mais adequadas para os passageiros enquanto aguardam os coletivos. “É um investimento que busca aprimorar a experiência dos usuários do Sistema de Transporte Coletivo com mais conforto e, sobretudo, garantir mais segurança a eles, motoristas e pedestres. Além disso, de forma indireta, visamos proporcionar melhorias na fluidez do tráfego de veículos nas vias da cidade”, ressaltou.