Atibaia tem em março o maior número de contratações em três anos

Atibaia tem em março o maior número de contratações em três anos

Pelo terceiro mês consecutivo, cidade mantém saldo positivo de oferta de emprego

Por Maria Clara 02/05/2018 - 08:54 hs

O mercado de trabalho já dá sinais de aquecimento em Atibaia, que vem se mantendo com saldo positivo na geração de empregos. Em março deste ano foram 1.449 admissões, a segunda maior dos últimos três anos, se comparado a março de 2015, quando o volume de admissões chegou a 1.575. Os dados fazem parte do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho, divulgados essa semana.

Para preparar os trabalhadores para o mercado de trabalho, a Prefeitura da Estância de Atibaia, com o Programa CapacitAção, vem realizando mais cursos profissionalizantes para todos. Em 2017 foram abertas cerca de 3.500 vagas e no primeiros trimestre de 2018 já foram mais 1.600 vagas abertas. Desde que foi criado, em 2013, o Programa já formou mais de 19.600 pessoas em cursos profissionalizantes.

O acumulado do trimestre, de janeiro a março deste ano, mostra uma variação positiva de 235 contratações, foram 4.107 admissões contra 3.872 desligamentos. Em janeiro a oferta de empregos superou em 36 admissões o número de demissões. Já em fevereiro o saldo positivo foi de 137 vagas e, por fim, em março, a marca positiva foi 62 empregos. Se comparado ao primeiro trimestre de 2017, cujo resultado negativo foi de menos 179 vagas formais de emprego, esse saldo já aponta uma reação da economia local.

Dos setores produtivos, o que mais contratou no trimestre foi o de Serviços, com 253 vagas de emprego. O ramo de ensino foi o que teve o maior número de contratações dentro da área de Serviços: 114, seguido pelo de comercialização e administração de imóveis/ valores imobiliários / serviços técnicos, com a 64 vagas. Já o segundo setor que mais empregou foi o de Indústria de Transformação, com um saldo positivo de 144 contratações.

O resultado desse primeiro trimestre quebra a marca negativa de geração de empregos fechada no ano passado, quando houve a diminuição de 545 vagas. De acordo com a Coordenadoria de Emprego e Renda de Atibaia, no último mês houve um grande avanço no setor alimentício na cidade. O setor de produção também se destacou no número de postos de trabalho gerados no município.