Atibaia conquistou nota 7.3 no Ideb, a maior de sua história e uma das melhores do Estado e do país

Resultado ultrapassa novamente a meta municipal (7.0) e a meta nacional (6.0) projetadas para 2021

Por Maria Clara 01/09/2018 - 17:16 hs

Atibaia acaba de ganhar mais um motivo para comemorar! O município obteve a nota 7.3 no Ideb - Índice de Desenvolvimento da Educação Básica em levantamento divulgado esta semana referente ao ano de 2017. Mais uma vez Atibaia quebrou o próprio recorde, conquistando a maior nota já alcançada pela cidade e ampliando a evolução registrada nos últimos anos, além de ter garantido um dos melhores resultados do Estado e do país.

A nota 7.3 conquistada por Atibaia ultrapassa novamente a meta municipal (7.0) e a meta nacional (6.0) projetadas para 2021. No último levantamento, divulgado em 2016 e referente ao ano de 2015, Atibaia obteve a nota 7.0 e, portanto, já superava, naquela época, essas metas projetadas. Além disso, no levantamento divulgado anteriormente, em 2014, com ano base 2013, o município obteve a nota 6.8 e também já alcançava, com antecedência, a meta municipal (6.8) projetada para 2019 e ultrapassava a meta nacional (6.0) projetada para 2021.

A marca histórica é o degrau mais alto de uma trajetória de ascensão do município na área de Educação. Para se ter uma ideia do avanço de Atibaia em qualidade na educação básica, no primeiro levantamento do Ideb, realizado em 2005, a nota do município era de apenas 5.1. Nos últimos anos a cidade foi de 6.8, em 2013, para 7.3 em 2017, sempre acima da meta projetada para o próprio ano e até mesmo para os seguintes.

“A evolução da nota de Atibaia no Ideb é resultado de todo um trabalho, de todo um investimento e uma luta, da Secretaria de Educação e da Prefeitura de uma forma geral, em relação à nossa atribuição e nossa obrigação de melhorar cada vez mais a qualidade do ensino no município”, afirmou o prefeito da Estância de Atibaia, Saulo Pedroso de Souza.

Para a secretária de Educação, Márcia Bernardes, “essa é uma conquista muito gratificante porque Atibaia já contava com uma nota expressiva, um 7.0, e este 7.3 é um resultado que eleva ainda mais esse patamar, fruto de investimentos intensos e constantes na educação municipal e de muita dedicação de toda a equipe da rede de ensino da cidade, desde educadores a funcionários. Todos estão de parabéns”, destacou.

Segundo o prefeito, um detalhe importante do resultado conquistado é que a evolução do município aconteceu praticamente em todas as unidades escolares, independentemente de ser uma escola urbana, de zona rural ou mais afastada da região central da cidade. “Trabalhamos objetivando essa equidade, uma qualidade de ensino em que todas as escolas tenham as mesmas oportunidades e condições de trabalho, característica que certamente proporciona uma prestação de serviços cada vez melhor para a população”, ressaltou. “Parabéns a toda a equipe da Secretaria de Educação por mais essa conquista tão importante para o município. E parabéns, Atibaia!”, concluiu.

A nota 7.3 de Atibaia refere-se aos “anos iniciais” do Ensino Fundamental, ou seja, corresponde aos exames aplicados em alunos da 4ª série (5º ano) das escolas da rede pública municipal. Também participam do Ideb alunos de 8ª série (9º ano) do Ensino Fundamental e 3ª série do Ensino Médio de escolas públicas e privadas.

Vale lembrar que Atibaia vem sendo considerada referência em Educação ao longo dos últimos anos, figurando, antes mesmo do anúncio dessa nova nota no Ideb (7.3), entre as 20 melhores do país. O município é reconhecido no Brasil pela boa posição em índices importantes, como a 20ª colocação no Índice de Oportunidades da Educação Brasileira (IOEB), que mede a qualidade das oportunidades na educação básica; e a nota “A - Altamente Efetiva”, a mais alta na avaliação, no Índice de Efetividade da Gestão Municipal (IEGM), uma ferramenta do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo que avalia a efetividade das políticas e atividades públicas desenvolvidas pelos gestores municipais.

O  Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica - Ideb foi criado em 2007 e reúne, em um só indicador, os resultados de dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e as médias de desempenho nas avaliações. Ele é calculado a partir dos dados sobre aprovação escolar obtidos no Censo Escolar e das médias de desempenho nas avaliações do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep); do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) para as unidades da federação e para o país; e da Prova Brasil para os municípios.