VITÓRIA DE ATIBAIA NA 21ª OLIMPÍADA BRASILEIRA DE ASTRONOMIA E ASTRONÁUTICA

A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional.

Por Maria Clara 19/11/2018 - 02:48 hs

A OBA é realizada anualmente pela Sociedade Astronômica Brasileira (SAB) em parceria com a Agência Espacial Brasileira (AEB) entre alunos de todos os anos do ensino fundamental e médio em todo território nacional.

A OBA tem por objetivos fomentar o interesse dos jovens pela Astronomia, Astronáutica e ciências afins, promover a difusão dos conhecimentos básicos de uma forma lúdica e cooperativa, mobilizando num mutirão nacional, além dos próprios alunos, seus professores, coordenadores pedagógicos, diretores, pais e escolas, planetários, observatórios municipais e particulares, espaços, centros e museus de ciência, associações e clubes de Astronomia, astrônomos profissionais e amadores, e instituições voltadas às atividades aeroespaciais.

As provas são classificadas em quatro níveis distintos e numa única fase:

a) Nível 1: destinada aos alunos regularmente matriculados do 1º ao 3º ano;

b) Nível 2: destinada aos alunos regularmente matriculados do 4º ao 5º ano;

c) Nível 3: destinada aos alunos regularmente matriculados do 6º ao 9º ano;

d) Nível 4: destinada aos alunos regularmente matriculados no ensino médio.

A Rede Municipal de Atibaia iniciou sua participação na OBA em 2012 com a tímida adesão de apenas uma escola, Professora Serafina de Lucca Cherfen, que já recebeu até 2017 três medalhas em nível nacional, graças ao empenho das gestoras, professores e alunos. A adesão aconteceu por iniciativa da professora coordenadora da unidade escolar na época, Lúcia Serrano, hoje responsável pela OBA na Rede Municipal, juntamente com a equipe da Secretaria Municipal de Educação.

Com o incentivo da Secretaria de Educação para que as escolas participassem da renomada Olimpíada, a partir de 2015 mais uma escola passou a participar de todas as edições, a escola Rosíris Maria Andreucci Stoppa, tendo de 2015 a 2017 conquistado 5 medalhas, devido a dedicação das gestoras, professores e alunos envolvidos.

Com as ações de incentivo intensificadas, na última edição da OBA, nove escolas da Rede Municipal aceitaram o desafio e alcançaram um expressivo resultado.

Na 21ª Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica, participaram 774.232 alunos, distribuídos em 8.456 escolas de todo território nacional e para nossa satisfação e orgulho, nesta edição, a Rede Municipal de Atibaia obteve o recorde de 22 medalhas, totalizando 15 medalhas de bronze, 5 medalhas de prata e 2 medalhas de ouro.

 

As medalhistas de ouro, Stefany Almeida de Moraes e Júlia Galrão Batista, estudam, respectivamente, nas escolas Prefeito Gilberto Sant'anna e Maria Helena Ferraz e têm apenas 10 aninhos. Para esta grande conquista se dedicaram bastante e contaram com o apoio das professoras responsáveis pela OBA na unidade escolar, Noely Natal Soldi e Vânia Ito de Carvalho, das gestoras Lúcia Fumani, Fabiana Peranovich e Celeste Yoshida, além dos orgulhos papais Rogério de Moraes e Roseane Almeida, Juliana Galrão e Fernando Batista.

"Este é mais um resultado exitoso da Rede Municipal de Atibaia no cenário nacional que vem validar nossa concepção de que é preciso ter altas expectativas em relação à capacidade das crianças e comprova o quanto nosso lema “Educação de Excelência com Equidade” vem se concretizando em função da união de esforços entre a equipe da Secretaria, gestores, professores e alunos", ressaltou a secretária de Educação Márcia Bernardes.