Projeto dos vereadores Roberta Barsotti e Dr. Ubiratan proíbe fornecimento e utilização de canudos plásticos em Atibaia

Objetivo é combater o descarte de material plástico e diminuir o impacto ambiental

Por Maria Clara 20/01/2019 - 21:42 hs

Tramita na Câmara Municipal de Atibaia um projeto de lei, de autoria dos vereadores Roberta Barsotti e Ubiratan Fernandes de Oliveira, que dispõe sobre a proibição de fornecimento e utilização de canudos confeccionados em material plástico no município.

Pela proposta, fica proibido o fornecimento de canudos plásticos em hotéis, restaurantes, bares, padarias, entre outros estabelecimentos comerciais, e também nos eventos realizados em espaços públicos da cidade. Como alternativa, poderão ser fornecidos canudos em papel reciclável, material comestível ou biodegradável.

Segundo a vereadora Roberta, a questão da proteção ambiental é e sempre será um tema de suma importância para a sociedade. “Dessa forma, o presente projeto tem como objetivo combater o descarte de material plástico e diminuir o impacto ambiental, tornando o município de Atibaia uma cidade mais sustentável”, destacou.

Dr. Ubiratan conta que tal iniciativa é um dos passos para a tutela da nossa fauna e flora, sendo que outras cidades já aderiram a esse movimento, como Guarujá, Rio de Janeiro e também a cidade de São Paulo, cujo projeto de lei está tramitando na Câmara Municipal. “Novas alternativas, que visam substituir os canudos plásticos, já estão disponíveis no mercado, como vidro, papel, metal e até mesmo com materiais comestíveis”, relatou o vereador.

No projeto de lei, os vereadores ainda incluíram alguns textos que demonstram o impacto ambiental que o plástico acarreta. “Assim, a iniciativa visa também estimular um pensamento ecológico nos munícipes e incentivar a execução de ações e medidas para proteção do nosso meio ambiente”, concluíram Roberta Barsotti e Dr. Ubiratan.