POLÍCIA MILITAR DESARTICULOU QUADRILHA QUE ROUBAVA CARROS EM ATIBAIA E REGIÃO

A operação policial teve início através de alerta dado pelas câmeras de monitoramento da Muralha Digital

Por Maria Clara 09/08/2019 - 20:04 hs

Uma ação conjunta da Polícia Militar entre o 2º Pelotão de Força Tática do 34º BPM/I e Policiamento de Área de Atibaia com apoio da Muralha Digital, desarticulou uma quadrilha e prendeu na quarta-feira, dia 7, cinco indivíduos envolvidos no roubo de carros e que agiam em Atibaia e região.

Atibaia
Na noite de terça-feira, dia 6, dois veículos foram roubados em Atibaia e as placas inseridas na Muralha Digital. Em seguida, a Central de Operações de Inteligência (COI) da Guarda Civil Municipal, através das câmeras de monitoramento, informou às equipes das Forças Policiais do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) o percurso feito por um dos veículos roubados.

Houve um cerco policial na região do Jardim Imperial, quando os PMs cabo Inácio e soldado Hiroshi, avistaram o veículo transitando na Avenida Imperial.

Ao perceber a presença da viatura, o assaltante que dirigia o veículo fugiu em alta velocidade. Iniciou-se uma perseguição e ao entrar na Rua Graça, o homem abandonou o carro e tentou fugir a pé. Alcançado, acabou sendo detido pelos policiais. O assaltante confessou à equipe que roubou o carro juntamente com um comparsa que estava com uma réplica de arma de fogo. As equipes do 2º Pelotão de Força Tática que participaram do cerco policial, sob o comando do tenente Minnemann, em contato com o assaltante, foram informadas que o veículo seria levado para a cidade de Joanópolis e entregue a outro homem que providenciaria para que o carro tivesse os seus sinais identificadores adulterados para ser vendido posteriormente.

Joanópolis
Em Joanópolis, os PMs do 2º Pelotão de Força Tática localizaram a casa e, após serem autorizados pela proprietária a entrarem no local, avistaram sobre um móvel, um saco plástico com 44 porções de crack prontas para a venda, além de dinheiro. As buscas continuaram e na laje do imóvel, os policiais localizaram outro suspeito com uma mochila e no seu interior uma série de Certificados de Registro de Licenciamento de Veículo em branco, bem como outros dois já preenchidos, e uma réplica de arma de fogo.

O homem disse aos policiais que a droga pertencia a um amigo, mas confessou a posse ilegal dos demais objetos. Apesar de negar a participação no roubo do carro e afirmar que realiza somente a falsificação de documentos, acabou informando o endereço do homem que participou do assalto. Os policiais foram até o outro imóvel nas proximidades e, ao ser informado das acusações, o suposto comparsa autorizou a entrada das equipes.

Durante as buscas, foram encontradas peças automotivas sem origem comprovada e roupas idênticas às utilizadas pelo autor do roubo do carro ocorrido na terça-feira, em Atibaia, e que haviam sido registradas pelas câmeras da Central de Operações de Inteligência da Guarda Civil Municipal.

Mesmo negando sua participação no roubo do carro e da arma de um delegado de Polícia, ocorrido no dia 16 de julho, em Atibaia, ele disse aos policiais que sabia com quem estava a arma roubada.

Atibaia
Retornando a Atibaia, para novas diligências e com outras informações, os PMs da equipe de Força Tática foram até a residência de outro suspeito no Jardim Imperial, que fora apontado como autor do roubo do carro e da arma do delegado na cidade.

No local, os policiais perceberam a porta aberta e surpreenderam o suspeito deitado no chão, em companhia de uma mulher, com uma arma municiada na cintura, a mesma que havia sido roubada juntamente com o veículo do delegado de Polícia e diante dos fatos, o homem confessou o roubo ocorrido no dia 16 de junho, o roubo do carro de terça-feira (6) e diversos outros roubos.

Delegacia
Todos foram presos e conduzidos ao Plantão Policial. A vítima de um dos carros reconheceu um dos detidos como sendo o segundo homem que participou do roubo, aquele que portava a arma de fogo, tendo em vista já ter reconhecido um deles. A outra vítima reconheceu o outro detido, como sendo aquele que efetuou a grave ameaça por meio de uma arma de fogo. Os quatro homens e uma mulher foram indiciados por roubo, formação de quadrilha, posse ilegal de arma de fogo e munições de uso restrito e tráfico de drogas. Os dois veículos foram recuperados e entregues aos proprietários e também foram apreendidos uma pistola .40 municiada com 11 cartuchos intactos de propriedade de um delegado de Polícia, uma réplica de arma de fogo, 112 formulários de CRLV não preenchidos furtados em Franco da Rocha, R$ 1.215,00, 44 pedras de crack além de equipamentos veiculares diversos de procedência duvidosa.

(Fonte: Jornal g8)