Quinta, 26 Maio 2022

Atibaia reforça pleito junto ao Estado para instalação de unidade do Bom Prato em Atibaia

Em reunião na Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo na última semana, a Prefeitura voltou a reforçar o pleito para a instalação de uma unidade do Programa Bom Prato em Atibaia. A Administração Municipal vem requerendo, junto ao Governo Estadual, que a cidade seja incluída no Programa, cujo formato reúne condições mais apropriadas para atendimento da população em situação de vulnerabilidade social, inclusive ampliando a oferta de alimentação, já que o Bom Prato conta com três refeições oferecidas em suas unidades, todas com valores mais acessíveis ao usuário: almoço e jantar por R$ 1,00 cada e café da manhã por R$ 0,50.

Durante o encontro com a então secretária de Estado de Desenvolvimento Social, Célia Parnes, o secretário de Governo de Atibaia, André Agatte, representando a Prefeitura, lembrou que o Restaurante Popular de Atibaia, localizado no Jardim Cerejeiras, teve seu atendimento suspenso no início da pandemia de Covid-19 no Brasil, em março de 2020, como medida de prevenção à doença no município. Nesse período, o Governo Municipal analisou o modelo e avaliou que o equipamento não atendia à população que mais necessitaria desse serviço – as pessoas em situação de vulnerabilidade social em Atibaia, justamente o público prioritário da Assistência Social.

Conforme a secretária de Assistência e Desenvolvimento Social de Atibaia, Magali Basile, o município já conta com toda a estrutura adequada para a instalação do Bom Prato na cidade, dependendo apenas da autorização do Governo do Estado para a implantação de uma unidade do Programa no município. "Com refeições de até R$ 1,00, a proposta do Bom Prato é mais acessível à população em situação de vulnerabilidade social, enquanto o modelo do Restaurante Popular registrava um custo final da refeição, à época da suspensão das atividades, de R$ 3,60 por pessoa. Além disso, o Restaurante Popular tinha o almoço como única refeição oferecida, enquanto o Bom Prato conta com três refeições", destacou a secretária.

Vale lembrar que em setembro de 2021 Atibaia também marcou presença em Brasília/DF, em uma série de agendas junto ao Ministério da Cidadania, incluindo tratativas para a área de Segurança Alimentar. Na oportunidade, a comitiva de Atibaia buscou investimentos e melhorias para a cidade e, entre a série de reuniões realizadas, compareceu à Secretaria Nacional de Inclusão Social e Produtiva, quando pleiteou investimentos e alternativas inovadoras para o Restaurante Popular de Atibaia.

Veja mais notícias sobre Atibaia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/