Quinta, 26 Maio 2022

Revitalização do Parque da Grota Funda pretende viabilizar o turismo ecológico em Atibaia

Revitalização do Parque da Grota Funda pretende viabilizar o turismo ecológico em Atibaia

Muito utilizado por pesquisadores e comunidade acadêmica para fins de pesquisa científica e de campo, o Parque Natural Municipal da Grota Funda vai passar por revitalização para que o turismo ecológico também seja parte de suas atividades. O convênio nº 163/2018 firmado entre a Prefeitura Municipal e o DADETUR - Departamento de Apoio ao Desenvolvimento dos Municípios Turísticos, da Secretaria de Turismo do Estado de São Paulo, contempla serviços de infraestrutura e pavimentação, além de serviços de obras de edificações no Parque.


A revitalização e manutenção das estradas relacionadas ao convênio envolvem a pavimentação de 3 trechos da Avenida Santana, localizados fora do território do Parque e considerados os mais críticos para o acesso à Grota Funda. Já na área interna do Parque será feita a manutenção da estrada que dá acesso à sede. É importante ressaltar que as estradas internas do Parque da Grota Funda vão receber serviços de melhoria em suas vias, tratamento para o leito da estrada e reforço na compactação e intervenção de drenagem e não pavimentação, respeitando a característica ambiental do parque enquanto Unidade de Conservação.


A reforma e ampliação das edificações, que está em fase de aprovação dos projetos executivos, compreende a reforma da casa sede e construção de anexo para apoio ao visitante, com auditório para realização de atividades de educação ambiental e capacitação. Construção de sala de monitoramento, portal de acesso para controle da entrada no parque, construção de viveiro escola para plantio de mudas. Também está prevista a instalação de caixa d’água e sala de equipamentos de combate a incêndios florestais.


Com quase 250 hectares de Mata Atlântica preservada, o Parque Natural Municipal da Grota Funda é uma importante Unidade de Conservação (UC) de proteção integral. As UC’s são espaços territoriais, incluindo seus recursos ambientais, com características naturais relevantes, que têm a função de assegurar a representatividade de amostras significativas e ecologicamente viáveis das diferentes populações, habitat e ecossistemas do território nacional e das águas jurisdicionais, preservando o patrimônio biológico existente.


As melhorias na pavimentação de acesso, a reforma da sede existente, a restauração dos atrativos turísticos e a implantação de novas estruturas de uso público pretende viabilizar o turismo ecológico no Parque, que é uma das finalidades desta categoria de Unidade de Conservação, além do desenvolvimento de ações de educação ambiental, pesquisas e conservação da biodiversidade.


Visitação
No momento, o agendamento é feito diretamente com a Coordenadoria Especial de Meio Ambiente (CEMA), responsável pela gestão do parque, por meio do telefone (11) 4418-7800 (Opção 1). O atendimento e acompanhamento de pesquisadores e visitantes nas dependências do parque é realizado pela equipe técnica da OSCIP Simbiose, que trabalha de forma efetiva para a preservação do parque, além da qualidade e segurança nas visitas.


Após a reforma, com a implantação de guarita na entrada do parque, será estabelecido o horário de visitação e pretende-se manter no local, monitores ambientais capacitados para atender os visitantes.


A partir do início das obras de revitalização o tempo contratual para o término da reforma é de 5 meses.

Veja mais notícias sobre Atibaia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quinta, 26 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/