Quarta, 24 Abr 2024

Governo do Estado atrasa entrega de insulina e prejudica moradores de Atibaia

Mães de crianças e adolescentes relataram aos jornais Atibaia Hoje e g8 que desde novembro de 2023 não estão conseguindo retirar o medicamento na Farmácia de Alto Custo de Atibaia. A mãe de uma criança de 6 anos que tem diabetes Tipo 1, informou à reportagem que não só ela, mas outras crianças estão passando pelo mesmo problema: falta de insulina Asparte. "Vamos até a Farmácia de Alto Custo e nos dizem que o medicamento não chegou. Precisamos de ajuda para tentar resolver esse caso", finaliza.

A reportagem, diante desse grave problema relatado por leitores dos dois jornais, iniciou os questionamentos tanto em Atibaia, quanto em Campinas, São Paulo e Brasília.

Prefeitura de Atibaia
Em nota, a Prefeitura de Atibaia esclareceu que a insulina Asparte é um medicamento de alto custo fornecido pelo governo do Estado de São Paulo, por meio do Departamento Regional de Saúde (DRS) VII de Campinas.

"Desde novembro de 2023, a insulina está em falta na DRS VII de Campinas, sendo cobrada semanalmente pela Prefeitura de Atibaia. Vale destacar que tanto o DRS quanto a Secretaria de Saúde do Estado não justificam tal atraso, prejudicando, assim, mais de 50 pacientes mensalmente".

Ministério da Saúde - Brasília
Em nota, a Coordenação-Geral do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica do Ministério da Saúde, de Brasília, informou que o fornecimento do medicamento insulina análoga de ação rápida Asparte encontra-se regularizado.

"Toda a demanda solicitada pela Secretária de Saúde do Estado de São Paulo para atendimento do 4º trimestre de 2023 (out/nov/dez) foi entregue entre agosto e novembro daquele ano. E para o atendimento da demanda do 1º trimestre de 2024 (jan/fev/mar), foi entregue entre 26 de dezembro de 2023 e 09 de fevereiro deste ano, não havendo pendências".

O Ministério da Saúde reforçou ainda que "assegurar a adequada assistência à população, assim como garantir o acesso a medicamentos de compra centralizada, são prioridades da atual gestão, que está atento ao cumprimento dos prazos contratuais, às intercorrências nas entregas e ao cronograma para o abastecimento de medicamentos na Rede de Atenção à Saúde".

DRS VII - Campinas
O Departamento Regional de Saúde VII (DRS VII) é um órgão da Secretaria de Estado de Saúde de São Paulo, responsável por Campinas, Atibaia e região.

A reportagem entrou em contato com o DRS VII na terça-feira, dia 27, e foi solicitada a encaminhar a demanda para a assessoria de imprensa do Estado.

Secretaria de Estado da Saúde
Em contato com a Secretaria de Estado da Saúde, a reportagem recebeu uma nota no início da noite de terça-feira, dia 27, através da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (CAF) do Estado de São Paulo informando que "não há falta de insulina Asparte na região do Departamento Regional de Saúde (DRS) Campinas. Além disso, o município de Atibaia tem sido abastecido regularmente conforme solicitações.

Nota da Coordenadoria de Assistência Farmacêutica (CAF) do Estado de São Paulo informando que "não há falta de insulina Asparte na região do Departamento Regional de Saúde (DRS) Campinas. Além disso, o município de Atibaia tem sido abastecido regularmente conforme solicitações.

Desencontro de informações
Diante das informações recebidas pela Prefeitura de Atibaia, afirmando que não recebe o medicamento desde novembro, e do outro lado, a Secretaria de Estado da Saúde dizendo que o município tem sido abastecido regularmente, a reportagem questionou novamente a Saúde tanto da Prefeitura quanto do Estado.

Na quarta-feira, dia 28, a Prefeitura de Atibaia confirmou documentalmente o não recebimento da insulina Asparte desde novembro de 2023. No mesmo dia, às 18h07, em nota, a Secretaria de Estado da Saúde, através da Farmácia de Componente Especializado da Assistência Farmacêutica (CEAF) Campinas informou que o município de Atibaia tem sido atendido regularmente conforme solicitações. "Entretanto, não foi atendido em sua totalidade devido desabastecimento da caneta reutilizável, cuja aquisição e distribuição são de responsabilidade do Ministério da Saúde (MS). Destaca-se ainda que o município de Atibaia será atendido com a caneta de insulina descartável - inicialmente destinada a pacientes maiores de 60 anos ou com dificuldade visual - no dia 1° de março, conforme orientações recebidas anteriormente", finaliza.

Conclusão
Desde terça-feira, dia 27 de fevereiro, após os leitores denunciarem a falta da insulina Asparte na Farmácia de Alto Custo de Atibaia, a reportagem dos jornais Atibaia Hoje e g8 buscou a verdade dos fatos, diretamente com todos os envolvidos.

Por fim, após informações desencontradas, a reportagem constatou que a Secretaria de Estado da Saúde não estava enviando a totalidade do medicamento como havia afirmado anteriormente. Nesta sexta-feira, dia 1º, a Secretaria de Saúde de Atibaia estará presencialmente em Campinas, no Departamento Regional de Saúde VII (DRS VII) para a retirada do medicamento. A reportagem segue acompanhando o desfecho desse caso.

Veja mais notícias sobre Atibaia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 24 Abril 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/