Quarta, 29 Jun 2022

Alimentos vs Inflamação

Elaine Cristina Bueno Latin*

Nos dias de hoje muitas pessoas encontram-se inflamadas.

Existem muitas doenças que inflamam e são elas a diabetes, obesidade, resistência à insulina, alergias, etc.

Inflamação é uma resposta do sistema imunológico a uma lesão ou infecção. Os sinais clássicos são inchaço, vermelhidão e dor.

Estudos mostram que ingerir as comidas erradas também produz inflamação no nosso corpo, com sintomas menos óbvios, mas que vão se refletir no estado geral. Se você estiver em seu estado inflamatório pode levar mais tempo para se recuperar de doenças, vai sentir mais cansaço. Por isso, é muito importante prestar atenção no que você come.

Para você ficar longe de algumas patologias inflamatórias se faz necessária a mudança no hábito alimentar como, por exemplo, reduzir ou abolir da sua dieta alimentos como açúcar, alimentos refinados, farináceos, fast food, glúten se você for intolerante, e isto já ajudaria muito.

O alimento é o combustível do nosso corpo. Se esse combustível não tiver qualidade, isso com certeza irá se refletir no funcionamento do organismo como um todo.

Ingerir alimentos anti-inflamatórios regularmente reduz a inflamação e ajuda a equilibrar o metabolismo, além de deixar o peso sob controle.

Existem diversos alimentos anti-inflamatórios e são eles:

Brócolis - contém diversos fitonutrientes que possuem efeito anti-inflamatório e desintoxicante, que ajudam a eliminar do nosso corpo compostos que podem levar ao câncer.

Alho - possui efeito antibiótico, aumentando assim nossas células de defesa e melhora nossa imunidade.

Orégano - potente antioxidante e é também antigripal, antifúngico, anti-inflamatório, anticancerígeno.

Gengibre - anti-inflamatório e termogênico.

Chá verde - rico em flavonoides, que ajudam na prevenção de doenças cardíacas e câncer.

Canela - ajuda a eliminar as bactérias patogênicas e também é um alimento termogênico.

Cebola roxa - possui uma substância chamada antocianina, um tipo de flavonoide que funciona como potente antioxidante, combatendo os radicais livres e reforça nosso mecanismo de defesa.

Granberry - rica em antioxidantes e possui diversos fitonutrientes que têm o potencial de impedir danos oxidativos.

É importante ressaltar que o hábito alimentar pode influenciar de forma positiva ou negativa a saúde dos indivíduos. E para isso é essencial o acompanhamento com o nutricionista que poderá avaliar quais os alimentos devem ser excluídos e quais devem fazer parte do consumo diário.

* A autora é nutricionista pela Faculdade de Ciências e Letras de Bragança Paulista - FESB CRN 3 41336. E-mail: elainebueno.nutricionista@bol.com.br

Veja mais notícias sobre Dra. Elaine C. Bueno.

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Quarta, 29 Junho 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/