Domingo, 26 Maio 2024

Adolescente é agredida por pais de aluna com empurrões e chutes

adolescente--agredida-por-pais-de-aluna-com-empurres-e-chutes-em-confuso-na-sada-de-escola-em-Atibaia-S_20230329-095409_1

Uma adolescente de 14 anos foi agredida com empurrões e chutes por pais de uma aluna na saída de uma escola na Zona Rural de Atibaia (veja vídeo acima). Os agressores chegaram a ser detidos pela Guarda Civil Municipal, mas foram liberados na delegacia.

O caso aconteceu na tarde desta segunda-feira (27) na saída da escola estadual Professora Maria do Carmo Barbosa, que fica no Bairro do Tanque.

Nas imagens gravadas por testemunhas, é possível ver o momento que a mulher de 44 anos empurra a adolescente até provocar a queda dela no chão. Na sequência, se joga sobre ela e, segundo a adolescente, chega a dar mordidas na barriga.

O outro agressor, que aparece no vídeo sem camisa, inicialmente parece tentar apartar a confusão, mas desfere três chutes na cabeça da adolescente caída no chão. Um outro homem aparece na imagem e retira a jovem da confusão. Mesmo assim, o agressor de 35 anos segue em direção a eles com ameaças.

A jovem foi levada para dentro da escola e socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência. Ela foi levada para o pronto-socorro da Santa Casa com lesões na cabeça, coluna e cabeça. A adolescente foi liberada após receber atendimento médico.

O casal foi preso em flagrante pela GCM e levado para a delegacia de Atibaia, mas liberado após o registro do caso. Inicialmente, eles devem responder em liberdade.

O que diz o casal envolvido na briga
O casal detido pela GCM é Juarez Júnior da Silveira e Josiane Siqueira da Silveira. No boletim de ocorrência por lesão corporal, eles alegaram que se envolveram na confusão para apartar a briga.

Procurado pela reportagem, o casal reforçou que se envolveu na confusão para separar a briga e defender uma amiga da filha e que somente revidou as agressões sofridas.

"Meu marido estava dormindo, a hora que ele acordou com a gritaria, ele veio e viu que as meninas estavam me agredindo, tentou tirar mas só que ela não soltou. A hora que eu vi meu esposo, eu falei 'eu vou fazer ela sentir dor para ver se ela solta', aí peguei na barriga dela na mordida, e ela não soltava da mesma maneira do meu cabelo, eram duas puxando meu cabelo, daí foi na hora que meu esposo deu um pontapé nela!", afirmou Josiane.

Juarez reconheceu o erro e diz que está arrependido. "Só vi ela caída no chão e eu perdi a cabeça. Peço desculpas, estou arrependido, vou ajudar a família com os remédios e tudo. Eu não sou disso, todo mundo que me conhece sabe, foi na emoção ali só. Depois eu me arrependi, chorei lá na escola, conversei com todo mundo, mas é isso", disse.

O que diz o Estado
Por nota, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo informou que a gestão escolar acionou o Samu e que o fato ocorreu fora da unidade, após as aulas. A pasta ainda acrescentou que foi registrado BO e o caso será inserido na Plataforma do Programa Conviva SP - Placon.

A Secretaria da Educação do Estado também se colocou à disposição da estudante e repudio atos de violência.

Por G1
Fonte: https://g1.globo.com/sp/vale-do-paraiba-regiao/noticia/2023/03/28/video-adolescente-e-agredida-por-pais-de-aluna-com-empurroes-e-chutes-em-confusao-na-saida-de-escola-em-atibaia-sp.ghtml

Adolescente é agredida por pais de aluna em confusão na saída de escola em Atibaia

Veja mais notícias sobre Polícia.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 26 Mai 2024

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/