Domingo, 19 Setembro 2021

Cientistas israelenses estão a apenas algumas semanas da vacina contra o coronavírus

Ilustração do CDC mostra o novo coronavírus (2019-nCoV)

O ministro da Ciência e Tecnologia Ofir Akunis disse que, se tudo correr como planejado, a vacina poderá estar pronta dentro de três semanas e disponível em 90 dias.

"Parabéns à MIGAL por este avanço emocionante. Estou confiante de que haverá mais progresso rápido, permitindo-nos fornecer uma resposta necessária à grave ameaça global ao COVID-19", afirmou Akunis.
A equipe de pesquisa, especializada nas áreas de biotecnologia, meio ambiente e agricultura, desenvolve a vacina nos últimos quatro anos e afirma que ela pode ser modificada para uso em humanos por causa de uma estrutura de DNA semelhante no vírus que se espalhou da China.
"Dada a necessidade global urgente de uma vacina humana contra o coronavírus, estamos fazendo todo o possível para acelerar o desenvolvimento. Nosso objetivo é produzir a vacina durante as próximas 8 a 10 semanas e obter aprovação de segurança em 90 dias", afirmou David Zigdon, CEO da MIGAL, em entrevista coletiva.
"A vacina desenvolvida por nós para aves é administrada por via oral e a vacina humana oferecida por nós também deve ser administrada por via oral", acrescentou.
Um homem israelense tornou-se hoje o primeiro do país a testar positivo para coronavírus.
Fonte: BTNEWS

Veja mais notícias sobre CidadeSaúdeVariedades.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 19 Setembro 2021

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/