Domingo, 29 Maio 2022

10 razões pelas quais a birra do seu filho é realmente uma coisa boa (Final)

Dra. Regiane Glashan*

Na matéria da semana passada introduzimos as 5 primeiras razões pelas quais a "birra" pode ser uma coisa boa para nossos filhos. Mostramos que a birra faz parte do desenvolvimento natural das crianças pequenas e que ela faz parte de uma etapa rumo a maturidade emocional.

Hoje vamos abordar as demais "razões". Vamos lá?

6. As birras aproximam vocês

Pode ser difícil de acreditar na hora, mas observe e espere. Seu filho com raiva pode não parecer gostar de você estar ali, perto dele, mas na realidade ele gosta. Deixe passar a tempestade de sentimentos sem tentar pará-los ou 'consertá-los'. Não fale muito, mas ofereça algumas palavras gentis e tranquilizadoras. Ofereça abraços se seu filho aceitar. Seu filho absorverá sua aceitação incondicional e se sentirá mais próximo de você depois.

7. As birras ajudam o comportamento do seu filho a longo prazo

Às vezes, as emoções das crianças se manifestam de outras maneiras, como agressividade, dificuldade em compartilhar ou se recusar a cooperar em tarefas simples, como se vestir ou escovar os dentes. Estes são todos os sinais comuns de que seu filho está lutando com suas emoções. Ter uma grande birra ajuda seu filho a liberar os sentimentos que podem atrapalhar seu desenvolvimento natural e cooperativo.

8. Se a birra acontecer em casa, há menos chance de acontecer em público

Quando as crianças conseguem expressar plenamente suas emoções, elas muitas vezes escolhem ter suas manifestações em casa, onde sentem que estamos mais disponíveis para ouvir. Quanto mais pudermos encontrar tempo e espaço para ouvir os sentimentos de aborrecimento de nossos filhos em casa, menos sentimentos reprimidos eles carregarão com eles.

9. Seu filho está fazendo algo que a maioria das pessoas esqueceu como fazer

À medida que seu filho cresce, ele vai chorar menos. Em parte, ele está amadurecendo e aprendendo a regular suas emoções. Em parte, está aprendendo a 'se encaixar' em uma sociedade que não aceita muito a expressão emocional. Quando nós, adultos, ficamos com raiva ou estressados, muitas vezes, é porque também precisamos de um bom choro! É difícil para os adultos, e particularmente para os homens, encontrar a sensação de segurança e conexão para realmente deixar os sentimentos aflorarem. Então deixe seu filho ter essa birra para melhorar o humor enquanto suas emoções ainda fluem livremente.

10. As birras também são curativas para você

Quando estamos presentes na birra do nosso filho, isso desperta grandes sentimentos conflitantes em nós. Quando éramos jovens, nossos pais podem não ter ouvido nossas explosões com empatia e compaixão. A perturbação de nosso filho pode desencadear lembranças de como fomos tratados, das quais podemos nem estar conscientes. A paternidade pode ser um caminho de cura para nossos próprios desafios emocionais. Depois de momentos emocionantes com seu filho, reserve um tempo para praticar o autocuidado, conversar com um amigo, dar boas risadas e talvez chorar também. Manter a calma requer prática, mas quando conseguimos, estamos literalmente reconectando nossos cérebros para nos tornarmos pais mais calmos e pacíficos.

Espero que você tenha gostado de nosso artigo e que agora você possa ver a "birra" de seu filho como uma descarga emocional que precisa ser compreendida e sempre que possível acolhida.

* Terapeuta Familiar - Casal - Individual, ênfase na relação mãe-bebê. Especialista-Mestre-Doutora-Pós-Doutora pela UNIFESP, Fellow Universidade Pittsburgh - USA. Site: www.terapeutadebebes.com.br. Instagram: @terapeutadebebes_familia

Veja mais notícias sobre Dra. Regiane Glashan.

Veja também:

 

Comentários:

Nenhum comentário feito ainda. Seja o primeiro a enviar um comentário
Visitante
Domingo, 29 Mai 2022

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/