Sidebar Menu

Dólar Comercial: R$ 5,29 • Euro: R$ 6,28
Sábado, 08 Agosto 2020

Futebol Amador: Kléber, o atacante de muitos gols e títulos

Fbio01_20200729-001407_1
Kléber, campeão veterano em Bragança

O atacante Kléber Paulo Rosa nasceu em 13 de março de 1978, em Atibaia, tem 42 anos, possui 4 filhos, é casado e é filho de Wilma Batista de Castro e Joaquim Rosa (in memorian).

O início no futebol, ainda garotinho foi no time do radialista Assis, no alto do Alvinópolis, logo depois foi jogar com o técnico Miranda (in memorian) no Grêmio Atibaiense e em seguida com o técnico Carlos Faraço (in memorian).

"Com o Faraço comecei a disputar campeonatos, no Nakazawa e Jogos Regionais", conta.

No amador atuou no América e no C.A. Atibaia?

"Comecei no Clube Atlético Atibaia, era a mesma base que tínhamos, aí logo em seguida fomos para o Brasinha".

No Brasinha se projetou como um dos grandes jogadores da cidade, campeão da Copa Atibaia 98, depois foi para o Rosário?

"Devo ter ficado no Rosário uns seis anos para mais. Foram bons anos com a dupla Kléber e Lampadinha, um time a ser batido por muitos anos".

Como foi voltar ao Brasinha?

"Foi uma grande alegria, um time que realmente me acolheu não só como jogador, mas como um membro da família".

Os títulos foram vários, como a Copa Atibaia de 2003 e a Primeira Divisão em 2005 pelo Rosário, além dos troféus de artilheiro e jogou fora da cidade.

"Em Bragança no Menim e agora nos veteranos do Ferroviários e está sendo uma nova aventura, hoje jogo também nos veteranos do Brasinha. Falando do FAC disputei o campeonato do ano passado e fomos campeões invictos, com um time que nunca achei que iria jogar, todos ex-profissionais, cheguei no primeiro jogo e fiquei no banco, depois fui titular em todos os jogos fazendo dupla com o Rodrigo Jaú, o "Digão".

Conte alguma história que você aponte ser interessante?

"Uma foi entre Rosário e Nacional, no Grêmio, o Nacional era o time do momento e nesse jogo eu fiz três gols e um deles foi quase do meio campo. Outra mais recente foi no último veterano, no Alvinópolis, Brasinha e SPR, estava voltando de contusão na coluna e com medo de jogar, ganhamos de 3 a 0 e acabei fazendo dois gols e mais um anulado, um belo gol de fora da área".

E a paixão pelo São Paulo?

"Veio do meu tio Miguel, o Miguelzinho do Saae".

O filho joga futebol também?

"O Matheus joga pelo time do Big Soccer e é apaixonado pelo futebol".

Quem foi o melhor jogador que você viu atuar em Atibaia?

"Rafinha, Val, Henrique e Vasquinho".

Quem foi ou é o melhor jogador de futebol que você já viu?

"Cristiano Ronaldo, Ronaldo Fenômeno, Ronaldinho Gaúcho e Messi".

E dos times que você jogou teve algum preferido?

"Brasinha e Rosário".

Veja mais notícias sobre Esportes.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/

No Internet Connection