Dólar Comercial: R$ 5,36 • Euro: R$ 6,36
Terça, 15 Junho 2021

Neurociência, a educação agradece!

Cristiane Fernandes Esteves Saraguci*

O século XXI está sendo marcado pelas grandes descobertas da neurociência e com isso podemos observar um cenário de integração de diferentes campos do conhecimento que até então eram tratados de forma isolada.

Aos poucos, a "caixa preta" do funcionamento do cérebro humano vem sendo desvendada, trazendo novos olhares para áreas como saúde e educação. E nesta última, em particular, temos a contribuição da Neurociência Cognitiva e da Neuropsicopedagogia no âmbito escolar.

Aproveito para esclarecer uma dúvida que muitos de vocês devem ter: o que é a Neuropsicopedagogia afinal? Ela é uma ciência transdisciplinar, ou seja, ela reúne os conhecimentos da neurociência aplicada à educação, interconectado à pedagogia e à psicologia cognitiva, e seu objetivo é estudar a relação entre o cérebro e a aprendizagem humana.

Sendo assim, quando alguém está apresentando sintomas de dificuldade de aprendizagem, baixo rendimento escolar, falta de foco, entre outros, busca ajuda do profissional neuropsicopedagogo para uma avaliação e posterior intervenção para "destravar" o aprendizado, além de fazer os devidos encaminhamentos para outros profissionais quando necessário.

Como vocês podem observar, a neurociência aplicada à educação tem contribuído muito para entendermos como a aprendizagem acontece, promovendo caminhos para que os profissionais da educação tornem-se mediadores do processo de ensinar, utilizando recursos pedagógicos de qualidade que estimulem o aprendiz a pensar sobre o pensar. Ou seja, ela nos abriu os olhos para uma nova perspectiva, para um novo olhar sobre o processo de aprendizagem humana. E isso é maravilhoso!

E não vamos nos ater apenas ao aprendizado escolar, mesmo para as famílias, o fato de hoje podermos compreender melhor essa relação dos aspectos biológicos com a aprendizagem e as dificuldades e potencialidades de cada um, facilitou bastante a nossa tarefa de educar, baixando o nosso julgamento em relação ao outro, inclusive nossos filhos, e evitando determinados rótulos que eram tão rotineiros até alguns anos atrás e que, infelizmente, ainda nos deparamos no dia a dia.

Concluindo, pensando em nossa busca incessante por uma sociedade inclusiva, onde as potencialidades de cada ser humano sejam valorizadas, onde as diferenças sejam respeitadas, onde todos tenham a mesma oportunidade de aprender e conviver, e tenham seus direitos garantidos, a neurociência veio para somar e contribuir para que através do conhecimento possamos ser agentes transformadores na vida e formação de outros seres humanos e de nossa sociedade.

* A autora é Neuropsicopedagoga e Psicopedagoga Clínica e Institucional, Pedagoga especialista em Administração Escolar, Coach Pessoal, Profissional e Líder Coach pela Sociedade Brasileira de Coaching e Analista Comportamental Disc pela Gestor Performance. Possui experiência de mais de 20 anos na área, atuando no âmbito escolar e clínico, como também no mundo business como Coach, palestrante e desenvolvendo pessoas. Contatos: E-mail: crissaraguci@hotmail.com; Instagram: @neuropsicocristianesaraguci; Facebook: @conexãodoaprender e Blog: https://conexaodoaprender.home.blog/

Veja mais notícias sobre Cristiane Saraguci.

Veja também:

 

Ao aceitar, você acessará um serviço fornecido por terceiros externos a https://www.atibaiahoje.com.br/