Terapeuta Familiar - Casal - Individual, ênfase na relação mãe-bebê. Especialista-Mestre-Doutora-Pós-Doutora pela UNIFESP, Fellow Universidade Pittsburgh - USA.

6 melhores maneiras de controlar a raiva de seu filho

A Dra. Regiane Glashan apresenta maneiras de entender e controlar a raiva de seu filho. 

Mau comportamento versus bom comportamento

"Em meus atendimentos com pais a primeira coisa que eles perguntam é se eles estão errados quando, de alguma maneira, punem seus filhos para obter um bom comportamento". A Dra. Regiane Glashan fala sobre esse tema em sua matéria exclusiva para o Jornal Atibaia Hoje.

Crianças não são anjos: podem morder e provocar

Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan para a edição do Jornal Atibaia Hoje desta semana.

Minha mãe sempre me inquietou porque é uma ativista emocional

A Dra. Regiane Glashan trás um texto para você curtir muito o dia das mães.

Acho que não dá mais. Perdi a admiração!

Como terapeuta familiar estou sempre na torcida para que os casais permaneçam juntos e alinhados no amor, respeito, compaixão e empatia. Todavia, temos que aceitar que nosso desejo, por vezes, não bate com a realidade e para alguns casais a esperança já se esgotou. Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan.

Leve em conta as emoções de seu filho (parte 2)

Para quem não teve a oportunidade de ler o nosso artigo da semana passada, estávamos comentando sobre a importância de sermos pais treinadores emocionais de nossos filhos. Confira a matéria exclusiva da Dra. Regiane Glashan para o Jornal Atibaia Hoje.

Leve em conta as emoções de seu filho (parte 1)

Será que os pais estão preparados para encarar as emoções de seus filhos? Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan.

Um filme sem vilão não tem razão de ser

Mocinho ou vilão são duas facetas de uma mesma moeda. A troca de papéis é regulada pelo carinho e o amor daqueles que amamos. Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan para o Jornal Atibaia Hoje.

O soninho por faixa etária: guia de sobrevivência

A Dra. Regiane Glashan fala sobre as fases do sono do bebê. 

Como falar de coisas difíceis com as crianças

Como falar de coisas difíceis com as crianças? A Dra. Regiane Glashan fala sobre esse assunto em sua matéria exclusiva para o Jornal Atibaia Hoje.

Crianças pequenas não se importam com o outro

As vezes ficamos surpresos com a dificuldade que as crianças de cerca de 2 ou 3 anos têm em demonstrar arrependimento ou embaraço por algo inadequado que elas tenham feito. Parece que elas não estão nem aí! A Dra. Regiane Glashan fala sobre o assunto em sua matéria para o Jornal Atibaia Hoje.

Autoconfiança na infância

A autoconfiança na infância pode ser aprendida e desenvolvida, principalmente quando temos pais presentes e conscientes. A terapeuta familiar, Regiane Glashan, fala sobre o assunto em sua matéria exclusiva para o Jornal Atibaia Hoje.

Realidade fantasiosa

A Dra. Regiane Glashan fala sobre como vemos e sentimos a realidade.

Tolerar o intolerável

De início o relacionamento do casal parece um sonho com nuances de contos de fada e o desejo de ser assim para sempre. 

2 maneiras de ensinar as crianças a serem gentis

A melhor coisa que você pode fazer para tornar o mundo um lugar melhor é criar uma cultura de bondade em sua própria casa. Considere estas maneiras de mostrar a seus filhos por que prevalece a Regra de Ouro. Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan para o Jornal Atibaia Hoje desta semana.

Pessoas Boazinhas acreditam que devem fazer o máximo

No artigo da semana passada comentamos um pouco sobre a "origem" da pessoa boazinha - onde tudo, provavelmente começou!

Como seria um dia habitual da pessoa boazinha?

Estamos num ciclo de artigos falando sobre as pessoas que "sofrem da síndrome da pessoa boazinha"!

Pessoas Boazinhas

Será que as Pessoas Boazinhas são sempre boazinhas? Será que a Síndrome da Pessoa Boazinha só acomete mulheres? A Dra. Regiane Glashan fala sobre o assunto em sua matéria para o Jornal Atibaia Hoje

Baixa imunidade emocional mata

Meu amigo, terapeuta familiar, Sebastião Souza sempre me presenteia com bons artigos que eu procuro compartilhar com você, meu leitor!

Quais são os sinais de pais tóxicos?

Os pais tóxicos, como mencionado em nossos artigos anteriores, não se importam com o bem-estar de seus filhos. Na verdade, os filhos são vistos como estorvo ou continuidade deles próprios, os pais. Confira a matéria da Dra. Regiane Glashan para o Jornal Atibaia Hoje.